Como tomar a melhor decisão na hora de escolher a sua administradora?

Saiba o que merece mais atenção na escolha da sua administradora

Como tomar a melhor decisão na hora de escolher a sua administradora?

Contratar uma administradora de condomínios ideal requer cuidados e atenção. Cuidar de um condomínio não é uma tarefa fácil. Quando ocorrem erros na administração, além do síndico correr o risco de ser responsabilizado, todos os moradores podem sofrer prejuízos.

Para uma gestão condominial eficaz, é essencial contratar uma empresa de confiança, que tenha agilidade e trabalhe em parceria com o Corpo Diretivo e funcionários. A administradora auxiliará na organização e funcionamento do condomínio, atuando, inclusive, em setores financeiros, fiscais e tributários.

Essa contratação não deve ser uma escolha rápida. Como dissemos anteriormente, a administradora se tornará responsável pela movimentação financeira do condomínio e, dependendo da situação, poderá atuar também como procuradora.

Para evitar futuros problemas e contratar uma empresa capacitada que atenderá todas as demandas do seu condomínio, vamos te mostrar quais são os perigos de contratar uma administradora de condomínios inadequada.

1 – Desafios financeiro-tributários

Condomínios não são exatamente empresas, mas precisam realizar diversas retenções e recolhimentos tributários previstos em lei. A administração de impostos e tributos que devem ser pagos é responsabilidade da administradora. 

A gestão financeira de um condomínio possui certa complexidade. A administradora de condomínios deve atuar com agilidade e conhecimento legal para garantir que todas as movimentações financeiras sejam feitas dentro dos prazos estabelecidos e que nenhum imposto ou tributo deixe de ser pago.

Na empresa contratada, a organização é fundamental. A falta de pagamento das obrigações legais podem levar tanto o síndico quanto a administradora a serem penalizados. Além disso, o condomínio pode enfrentar problemas, como o pagamento de multas, sanções, além de ter em mente o constante esclarecimento aos condôminos.

2 – Falta de gestão de funcionários

Em relação aos funcionários e colaboradores, a função da administradora de condomínios não é apenas manter os salários em dia. A empresa contratada precisa garantir que os direitos trabalhistas sejam aplicados e que os funcionários recebam todos os benefícios respeitando-se os prazos estipulados pela categoria e contratos de trabalho vigentes.

Por não ser um ambiente corporativo, a gestão de equipe do condomínio deve ser distinta.  A administradora pode otimizar as escalas de trabalho e implementar novas rotinas para os funcionários, visando o melhor funcionamento do condomínio.

A ineficiência na gestão de funcionários e falta ou atraso no pagamento dos salários pode trazer uma série de prejuízos para o condomínio, desde multas até processos trabalhistas.

3 – Atenção ao preço e custo-benefício

O preço é importante, mas não deve ser a prioridade na hora de escolher a melhor administradora para seu condomínio. Em se tratando de gestão condominial, contratar uma empresa inexperiente ou com pouca credibilidade por ser “mais barato” pode resultar em prejuízos futuros para o condomínio.

Não se esqueça que a administradora de condomínios atua como escritório do condomínio, e todas as rotinas operacionais são de sua responsabilidade. Por isso, ela deve ser bem estruturada para lidar com todas as etapas.

4 – Como escolher a administradora ideal para seu condomínio?

O trabalho da administradora em um condomínio funciona em parceria com o síndico e o Corpo Diretivo, que são assessorados para desenvolver a melhor gestão para o condomínio e atender todas as demandas necessárias.

Na hora de contratar a empresa ideal para seu condomínio, que seja confiável e capacitada, considere alguns pontos essenciais:

  • Tempo de experiência no mercado;
  • Referências da administradora com outros síndicos, especialmente considerando o perfil e região de atuação;
  • Associações e filiações das quais a administradora faz parte e seu nível de envolvimento com o setor e suas mudanças (destaque para AABIC e PROAD);
  • Condições de contratação e detalhes legais;
  • Dinâmica de atendimento e complexidade da equipe da administradora

Depois de todas essas dicas, você já sabe quais são os cuidados que deve tomar ao contratar uma administradora de condomínios. Aqui na Umuarama, estamos sempre prontos para te ajudar.

Para saber mais sobre a administração condominial, continue acompanhando nosso Blog e nos siga no Instagram, Facebook e Linkedin.

 

    Comentários

    Prezados clientes, a Umuarama está empenhada em auxiliar o dia-a-dia dos nossos condomínios e contribuir para o coletivo no sentido de retardar a disseminação e adotar as melhores práticas possíveis. Por favor, consultem nossas orientações no link desta imagem. Quaisquer dúvidas, permanecemos à disposição. Att, Diretoria. Umuarama Imóveis. Coronavírus COVID-19.